Quinta-feira, 21 de Outubro de 2010

Dia da Música

 

Ontem, dia 21 de Outubro de 2010, os alunos surdos do 5º e 6º anos foram assistir ao concerto de percussão da Escola Calouste Gulbenkian de Braga. A iniciativa partiu dos professores de Música das duas turmas e foi muito apreciado pelos alunos.

 

 

A Intérprete de LGP acompanhou o grupo para que toda a informação dada pelos professores lhes fosse acessível.

A música foi sentida/"ouvida" com todo o corpo!


publicado por Luisa Campos às 19:25
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 29 de Maio de 2009

Sessão de educação sobre educação para os afectos

Hoje, dia 29 de Maio de 2009, realizou-se na Escola EB 2,3 de Lamaçães, uma sessão sobre educação para os afectos destinada aos alunos surdos do 3º ciclo. O palestrante for o Dr. Constantino Santos, cujo currículo abreviado apresentamos:

 

Medico de Família, consultor em Medicina Familiar, Coordenador do

Serviço de Atendimento de Adolescentes, do Centro de Saúde.
Faz parte do seu trabalho habitual o Planeamento Familiar e a vigilância de gravidez.
Pós-graduação em Educação Sexual, pós-graduação em Orientação Familiar, pós-graduação em Saúde Escolar.
Acreditação pelo Conselho Cientifico Pedagógico da Formação Contínua do Ministério da
Educação.
Associado do Centro de Estudos de Orientação Familiar.
Colaborador do Centro de Formação da Casa do Professor.
Colaborador do Centro de Mediação Familiar da ONG In Famíla
Colaborador do Fórum da Família.
Os nossos agradecimentos ao Dr. Constantino Santos.
Esta sessão foi dinamizada pelos estagiários do Curso de Tradução e Interpretação em LGP da ESE do Porto.
Parabéns Filomena e Nuno, Vera e Sara!!
         

publicado por Luisa Campos às 23:39
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 18 de Maio de 2009

"Barreiras na comunicação social e familiar"

A Associação de surdos de Guimarães e do Vale do Ave levou a cabo no passado sábado um seminário intitulado "Barreiras na comunicação social e familiar". Debateram-se assuntos de grande interesse e a conferência foi muito participada, principalmente por pessoas surdas.

A Associação de surdos de Guimarães está de parabéns por esta iniciativa que chama a atenção para os problemas que se colocam às pessoas surdas na sua comunicação com a maioria ouvinte (ou com as suas famílias ouvintes). Foi, ainda debatida a problemática que se relaciona com a educação das crianças surdas.

 

 


publicado por Luisa Campos às 21:49
link do post | comentar | favorito
Sábado, 25 de Abril de 2009

Programa Dia da Educação de Surdos – 29 Abril (Paranhos)

 Manhã:

10h – recepção às escolas convidadas

 
Escola EB2,3 de Paranhos
· Desporto: Torneio de Futsal entre alunos das várias escolas
· Ateliers com actividades diversas para o 2º e 3º Ciclos
· Mural Colectivo
 
Escola EB1 Augusto Lessa
· Lanche de recepção
· Actividades na biblioteca e ao ar livre
· Atelier para o pré-escolar
 
12 h almoço na cantina
 
Tarde: Auditório Horácio Marçal
 
14h30 – Sessão de abertura
14h45 – Dramatização “Mãos que falam, mentes que se libertam” (Agrup. Peso da Régua)
15h00 – Dramatização “As cores” (Agrup. Penafiel Sul)
15h15 – Filme “O patinho surdo” (Escola EB1 Augusto Lessa, Porto)
16h00 – Canção em LGP “Bicho na Palma da mão” (Agrup. Dr. Ferreira de Almeida, Sta. Maria da Feira)
16h15 – Poesia em LGP, anedotas e dança (EB2,3 de Paranhos, Porto)
16h30 – Lamaçães:
              *“Pelo sonho é que vamos" de Sebastião da Gama 
              (poesia em LGP, alunos do 2º e 3º ciclos)
              * "Alice" - História em LGP (alunas do 4º e 9º anos)
              *"Configuração das mãos" (alunos do 1º ciclo)
              *"Vou-me embalando" - dramatização (turmas bilingues do 1º ciclo)
16h45 – Apresentação “A nossa opção pela frequência do Curso Profissional 
              de Design”, Filme “O patinho feio” (Escola Infante D. Henrique)
17h00 – Poesia em LGP (Escola Sec. Alexandre Herculano, Porto)
 
17h15 – Encerramento. Lanche e convívio
 
No auditório estará presente a TVKTVÊ (Dren) para filmar a apresentação dos trabalhos das escolas.
 

publicado por Luisa Campos às 21:21
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 14 de Abril de 2009

O papel do Intérprete de Língua Gestual

O intérprete contribui para que o surdo ouça com os olhos e fale com as mãos. (Jerónimo Cardan, séc.XVI).

 Neste pequeno espaço vamos explicar qual é o papel do intérprete de língua gestual. Os intérpretes de Língua Gestual Portuguesa (LGP) trabalham directamente com pessoas Surdas e pessoas Ouvintes. São os responsáveis por transmitir fielmente a mensagem que está a ser dita através da LGP do Surdo ou da palavra dita do Ouvinte.

 Os Surdos têm acesso a informação e ao contacto com o mundo exterior através do Intérprete de LGP. Seja a ver televisão, no consultório médico, na repartição das finanças, na entrevista de emprego, na aula, no exame de código da carta de condução ou na simples compra de um bilhete de comboio. Actos comuns do dia-a-dia que sem intérprete ficam desprovidos de comunicação natural.
Para que os Surdos estejam plenamente integrados na sociedade, é necessário que o intérprete de LGP esteja presente em todos os locais públicos para que a comunicação seja possível. Uma presença que não é um luxo mas uma necessidade básica para os Surdos. É fundamental para o intérprete de LGP o contacto com a cultura e comunidade surda, para que assim possa aperfeiçoar os seus conhecimentos.
A maioria dos intérpretes trabalha em escolas, onde estão alunos surdos.É um elo de ligação entre os alunos surdos e os pares ouvintes: colegas, pessoal docente e não docente.
Na nossa escola há alunos que necessitam dos intérpretes na sala de aula para poderem ter acesso a toda a informação da disciplina. Estes técnicos são a ponte de comunicação entre o professor da disciplina e o aluno e vice-versa.
As intérpretes de Língua Gestual
Sara Barbosa e Vera Macedo

publicado por comunicamao às 11:07

editado por Luisa Campos às 11:11
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quinta-feira, 26 de Março de 2009

Cultura Surda

A cultura é composta pela língua, valores, tradições, normas e identidade.

Língua e cultura estão inter-relacionadas. A língua gestual é crítica para qualquer pessoa Surda de forma a promove o desenvolvimento intelectual, social, linguístico e emocional. A cultura Surda cumpre os cinco critérios sociológicos que definem cultura:
Língua - refere-se à língua visual e motora, nativa da cultura das pessoas Surdas, com a sua sintaxe, gramática, semântica e pragmática. É muito valorizada pelas pessoas Surdas pela sua acessibilidade visual e, portanto, aquisição espontânea, por imersão.
 
Valores – a comunidade Surda dá importância à comunicação bilateral sem barreiras, quer na expressão quer na compreensão. 
 
Tradições – incluem o preservar histórias transmitidas de geração em geração, vivências/experiências como pessoa Surda e a participação em eventos culturais.
 
Normas – referem-se a regras de comportamento que existem em todas as culturas. Para as pessoas Surdas incluem utilizar o contacto ocular directo e o tocar no ombro para chamar a atenção. As normas podem ser causa de conflitos interculturais (entre a comunidade ouvinte e a comunidade Surda) quando as pessoas desconhecem a forma como as suas normas podem afectar as interacções e percepções acerca das intenções de cada indivíduo.
 
Identidade: Todos os grupos linguísticos e sociais têm a sua forma de perceber e expressar a forma como vêem e interpretam o mundo e interagem com ele.

publicado por Luisa Campos às 22:44
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 5 de Março de 2009

Bilinguismo

Hoje, funcionamos no modelo bilingue de educação para alunos surdos, apostando no atendimento precoce a bebés surdos, providenciando apoio educacional, LGP e Terapia de Fala para o bebé e para a sua família.

Os alunos surdos bilingues do 2º e 3º ciclos frequentam Educação Física, EVT, ET, TIC, AP, EA e FC com alunos ouvintes, pois são turmas muito pequenas (de 3 a 5 alunos) e, também por que acreditamos que o contacto entre surdos e ouvintes é proveitoso para as duas comunidades – há alunos ouvintes que pretendem abraçar a profissão de Intérprete de LGP…
Temos, ainda, alunos surdos de opção oralista que frequentam turmas de ouvintes e recebem apoio por docentes especializados e têm as adequações curriculares que necessitam bem como Terapia de Fala e LGP como 2ª língua (para os que os pais pretendem).

Sabemos que temos um longo caminho a percorrer, mas orgulhámo-nos do nosso percurso. Todos, docentes, formadores, terapeutas e intérpretes de LGP, em colaboração com as comunidades de Surdos, particularmente as suas Associações, Instituições de Formação Superior (Universidades e Escolas Superiores de Educação) pretendemos estabelecer parcerias, nomeadamente através de núcleos de estágio (este ano temos estagiários de: ASP, Universidade de Coimbra, ESE do Porto, ISAVE) e colaboramos em projectos de Investigação – Mestrados e outros – de modo a divulgar as questões relacionadas com a Educação de Alunos Surdos, com a Cultura e Língua da Comunidade Surda …

publicado por Luisa Campos às 22:59
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

.Blogue da Educação de Surdos Lamaçães

Este blogue tem como objectivos a divulgação de actividades, novidades e informações entre todos os profissionais (docentes e técncios) e entre estes e os Encarregados de Educação. Deve ser um espaço de partilha, com dinamização e participação frequente de todos.

.Educação Bilingue

Os alunos Surdos profundos podem/devem optar pela opção bilingue, beneficiando, assim, de todos os recursos que o AEL pode oferecer.

.Intervenção precoce

O atendimento precoce e intervenção junto dos bebés surdos e das suas famílias e/ou cuidadores é um dos princípios que defendemos e que reputamos de importância decisiva no sucesso futuro da pessoa surda.

.LGP

A LGP é a língua natural da comunidade surda Portuguesa. É uma língua visuo-motora com todas as características das línguas orais.

.Português 2ª língua

Para os alunos surdos de opção bilingue, o Português deve ser apresentado/ensinado através da metodologia das línguas não maternas, isto é, adaptado à aprendizagem visual.

.Autoras

Luísa Campos e Vera Macedo

.posts recentes

. Dia da Música

. Sessão de educação sobre ...

. "Barreiras na comunicação...

. Programa Dia da Educação ...

. O papel do Intérprete de ...

. Cultura Surda

. Bilinguismo

.últ. comentários

Convite aceite, embora já conhecêssemos o site.Obr...
Olá,Convido todos a visitar o website www.porsinal...
ola boa noite, era possivel obter o email da profe...
Cara Carla, Creio que deve procurar ajuda numa Ass...
Preciso de ajuda para integração de um jovem com 2...
Caro João,Agradeço que me envie o seu contacto par...
Bom Dia,Necessito de entrar em contacto com as aut...
Cara Valéria, Precisa de solicitar autorização à D...
Olá Boa Noite!Eu, Valéria Pinheiro, professora, a...
Olá Luísa! Agradeço o convite e a publicação d...

.Março 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.tags

. todas as tags

.pesquisar